ACIDENTE HORROROSO: Jovem de 19 anos fica Pendurada por uma Perna Quebrada em Linha de Alta Tensão Após Acidente de Carro

0
379

Numa reviravolta dramática de eventos, Kennedy Littledike, uma jovem de 19 anos de Idaho, encontrou-se lutando pela vida de uma maneira quase inacreditável. No dia 22 de maio de 2021, enquanto atravessava um momento emocionalmente turbulento ao volante, Kennedy sofreu um acidente de carro que a lançou aos céus e a deixou suspensa por uma perna quebrada numa linha de energia elétrica, numa espera angustiante por socorro que durou mais de uma hora.

Kennedy, que tinha apenas 16 anos na época do acidente, estava voltando de um passeio com dois amigos após assistir ao pôr do sol quando, dominada pela emoção de um término de relacionamento, perdeu o controlo do veículo. “Corrigi a direção bruscamente, saí da estrada pelo lado direito. O carro bateu contra um poste de energia e começamos a capotar”, relatou Kennedy à Inside Edition.

A ausência de cintos de segurança teve consequências quase fatais. Kennedy foi a primeira a ser ejetada do veículo, encontrando-se pendurada numa linha de energia pela perna fraturada. “Quando estávamos capotando, e eu fui a primeira a sair, não caí no chão. Acabei pendurada na linha de energia pela perna quebrada.”

O acidente resultou na perda da perna de Kennedy, mas, paradoxalmente, salvar a sua vida. A eletricidade da linha de alta tensão cauterizou uma artéria rompida, impedindo que ela sangrasse até a morte. Kennedy e os seus amigos, Nakia Molina e Jacob Rasmussen, sofreram ferimentos graves, mas, milagrosamente, todos sobreviveram.

Após o acidente, Kennedy enfrentou um longo caminho de recuperação, submetendo-se a 21 cirurgias para tratar múltiplas fraturas e lesões, incluindo a amputação de sua perna. “Não sei o que aconteceu comigo no hospital, mas consegui passar de um estado de saúde mental muito ruim para um extremamente positivo”, disse a jovem corajosa.

Hoje, Kennedy usa a sua história inspiradora e o seu senso de humor inabalável para construir uma presença marcante nas redes sociais, compartilhando a sua jornada de recuperação e incentivando outros a enfrentarem as suas próprias batalhas com força e positividade.

“Antes do meu acidente, eu lutava contra problemas de saúde mental, não planejava o meu futuro porque não acreditava que teria um. Agora, apesar de estar numa situação muito mais difícil, estou infinitamente mais feliz”, reflete Kennedy, uma verdadeira lição de resiliência e esperança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui