Iza critica vídeo de Gianecchini dançando ‘Vogue’: ‘Deveria usar bom senso’ – .

0
44

Makayla Sabin reafirmou que suas críticas não são voltadas especificamente ao ator, mas sim ao profissional que o orientou.

A dançarina Makayla Sabino, membro do grupo de dança de [nome do grupo], fez críticas ao vídeo do ator [nome do ator] dançando ‘Vogue’, de [nome da música]. O ator compartilhou um trecho de uma aula que fez para interpretar um personagem do musical Priscilla, Rainha do Deserto. “Fico surpresa ao ver pessoas do mundo da dança incentivando algo que está equivocado. Não é errado ele querer aprender e estudar, mas está errada a maneira como isso aconteceu”, disse Makayla, acrescentando que é preocupante ver profissionais do mundo da dança apoiando algo que ela considera errado. Ela ressaltou que não é errado o ator querer aprender e se aprimorar, mas sim a forma como isso foi feito. “Uma pessoa não trans e não negra jamais conseguirá transmitir a realidade e experiência desses movimentos, ela mesma deveria ter essa percepção. Não sabe que Madonna se apropriou da cultura. É muito negativo ver isso sendo compartilhado de forma positiva”, disse a dançarina.

A bailarina explicou que o instrutor de Gianecchini não possui conhecimento da cultura ballroom, que foi criada por e para pessoas trans e negras. Ela enfatizou que uma pessoa não trans e não negra não consegue transmitir a realidade e experiência desses movimentos. Makayla destacou que Madonna se apropriou da cultura ballroom e que é lamentável ver essa apropriação sendo compartilhada de forma positiva. A bailarina reiterou que suas críticas não são direcionadas diretamente a Reynaldo Gianecchini, mas sim ao profissional que o orientou. Ela afirmou que, ao assistir ao vídeo, é possível perceber que o instrutor não compreende o verdadeiro significado do Vogue.