AMOR MACABRO: Mulher encontrada “derretida” no sofá, Mae e Pai dizem que ‘foi amada até a morte’, veja a imagens…

24
714

Sheila e Clay Fletcher se declararam sem contestação a uma acusação reduzida de homicídio culposo na morte da sua filha. Os pais de uma mulher, que foi encontrada fundida a um sofá e coberta por suas próprias fezes, afirmam que a ‘amaram até a morte’.

Sheila e Clay Fletcher declararam-se sem contestação a uma acusação reduzida de homicídio culposo na morte de sua filha Lacey Fletcher, de 36 anos, que foi descoberta morta no seu sofá em janeiro de 2022.

O advogado do casal num tribunal da Louisiana disse que eles não pretendiam machucar a sua filha.

“Eles foram negligentes, sim. É claro que foram negligentes. Eles amaram-na até a morte – essa é a verdadeira declaração com os Fletchers”, disse o advogado Steven Moore na segunda-feira. “Eles amaram a sua filha até a morte.”

Lacey Ellen Fletcher foi encontrada morta num sofá na sua casa em 3 de janeiro de 2022 Lacey Ellen Fletcher foi encontrada morta num sofá na sua casa em 3 de janeiro de 2022 (Foto: Divulgação) Moore continuou: “Quando você olha para trás, você pergunta-se, por quê? Como isso pode acontecer? Mas aconteceu.

“Mas em nenhum momento Sheila ou Clay Fletcher tiveram a intenção de machucar a sua filha. Eles amaram a sua filha excessivamente.”

O casal “está completamente arrependido”, acrescentou Moore.

“A vida deles girava em torno de Lacey Fletcher… Eles viviam por Lacey Fletcher.”

24 COMENTÁRIOS

  1. Qual a história, porque não colocaram a reportagem inteira? Qual o motivo?

    Qual o propósito de publicar algo pela metade, o que vocês querem com isso, demonstrar sua total incompetência?

    • mas a historia é real, é só vc pesquisar que vai encontra vários podcast falando sobre o caso. Ela era autista e com o desprezo dos pais, ela foi piorando sem os tratamentos e as terapias necessárias. É um caso muito triste.

      • Obrigada por você realmente ir buscar mais informação dos fatos reais , infelizmente o site como colocou foi uma merda fatos sem pé e cabeça kkkkkk

  2. Lacey sofria de uma doença chamada pseudocoma, também conhecida como Síndrome do Encarceramento, um distúrbio neurológico raro caracterizado por paralisia completa dos músculos voluntários, exceto aqueles que controlam os olhos.

    Na sequência da doença, Lacey terá sido deixada no mesmo sofá durante mais de uma década. Quando os paramédicos chegaram ao local, o corpo da mulher estaria quase fundido com a peça de mobiliário, tal era a quantidade de fezes e urina em que esta se encontrava presa.

  3. Mulher encontrada ‘derretida’ em sofá repleto de fezes humanas
    2 Mai 2022 | 15:50

    Lacey Fletcher foi encontrada ‘derretida’ num sofá coberto de fezes humanas e urina. Os pais enfrentam acusação de homicídio por negligência.

    Sheila e Clay Fletcher, um casal norte-americano foi detido e acusado na sequência da morte da filha, Lacey Fletcher, de 36 anos. As condições em que o corpo foi encontrado são verdadeiramente macabras: o cadáver – que pesava 45 quilos – estava ‘derretido’ num sofá coberto de fezes humanas e urina. Os pais enfrentam uma acusação de homicídio por negligência. O pai exercia funções numa associação de preservação da memória da Guerra Civil Americana. A mãe, antiga vereadora da cidade de Zachary (Louisiana), era atualmente assistente do procurador. Ainda antes da acusação ser tornada pública, o casal optou por afastar-se dos respetivos cargos.

    Os amigos mais próximos da família mostraram-se estupefactos com as notícias. “Chocado. Não combina com nenhuma das minhas experiências com ele”, disse John Potts, colega de Clay. “Ele é completamente diferente do que esperaríamos de alguém capaz de cometer esta atrocidade”, lamentou. Muitos amigos do casal não faziam sequer ideia de que eles tinham uma filha. “Os detalhes são horríveis, não há dúvida sobre isso. Não consigo conceber como algo assim pode acontecer”, disse John à emissora local BRPROUD.
    Cheiro nauseabundo

    A polícia respondeu a uma chamada de emergência de Sheila em 18 de janeiro e os paramédicos que responderam foram recebidos por um cheiro nauseabundo e um cenário bizarro e chocante. Lacey, que supostamente sofria de síndrome de encarceramento – um distúrbio neurológico raro –, foi encontrada sentada num sofá repleto de dejetos. A vítima tinha úlceras nas nádegas e estava infetada com covid-19, adiantou o procurador Sam D’Auilla.

  4. Termina!!!! Ou é fake mesmo mostrando a cara dos culpados, se alguém morreu a História/Estória, continua… tá e a^|e, cadê??? Cadê??? Deixando os “curiosos” que veem notícias bizarras na Web!!! Cadê??? Cadê??? Cadê???

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui